Vinte produtores rurais de Três Lagoas participam do programa ABC Cerrado

Pela segunda vez o Sindicato Rural de Três Lagoas participa do ABC Cerrado. O programa, que trabalha com a agricultura e a pecuária de baixo carbono, faz parte do SENAR e conta com a parceria do Banco Mundial, Governo Federal e Embrapa.

Marco Garcia, presidente do Sindicato Rural, fez a abertura no sábado, 13 de maio, e disse que “todos estão de parabéns por terem essa iniciativa e investirem no negócio. Vocês tem uma responsabilidade, uma vez que muitos queriam estar participando, porém, só 20 foram sorteados. Temos que aproveitar o máximo essa oportunidade e que vocês possam conviver cada vez mais com o Sindicato Rural”, finaliza.

Para a engenheira agrônoma, Stéphanie Ferreira, o objetivo é “ alinhar a rentabilidade do produtor rural, melhorando os índices produtivos, assim como melhorar a questão ambiental, reduzindo a emissão de gases do efeito estufa”, reforça.

Três Lagoas

O programa está sendo trabalhado em Três Lagoas, na linha de recuperação de pastagens degradadas. “Quando melhoramos uma pastagem, tornando-a mais produtiva, reflete em arrobas e leite. Temos a redução da emissão de gases do efeito estufa, através da absorção por essas pastagens”, explica Stéphanie.

Durante 7 encontros, divididos em 4 módulos, totalizando 56 horas, 20 participantes irão ver os processos de identificação da pastagem degradada, o melhor método de intervenção, o passo a passo de uma reforma ou recuperação, além do manejo, para evitar que ela se degrade novamente.

No final do programa, cinco pessoas serão sorteadas e receberão assistência técnica e gerencial do SENAR por 18 meses.

A engenheira agrônoma conclui dizendo que “60 a 70 % das pastagens do cerrado estão degradadas, onde está a pecuária. Nessas pastagens, precisa-se melhorar os índices produtivos. Esse programa busca isso”, finaliza.

fonte: SRTL

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário