SEM VÍTIMAS: Prédio da Secretaria de Saúde de Birigui pegou fogo neste domingo, dia 7

Quarta, 10 Janeiro 2018 12:30 Publicado em Birigui

A sede da Secretaria Municipal de Saúde de Birigui, onde também atende o Centro Médico Hospitalar (antigo pronto-socorro municipal), teve parte de seu prédio queimado neste domingo dia 7 de janeiro de 2018, quando um incêndio ocorreu no setor de Vigilância Epidemiológica, atingindo, ainda, parte do setor do CCVZ (Centro de Controle de Vetores e Zoonoses).

Não houve vítimas e o incêndio foi detectado por volta das 21h, quando uma moradora da Praça Gumercindo de Paiva Castro ligou para o 193 e comunicou o Corpo de Bombeiros, que rapidamente enviou dois caminhões ao local.

A origem do fogo ainda está sendo investigada pelos bombeiros. Os estragos serão levantados na manhã desta segunda-feira, dia 8, já que na noite deste domingo a energia elétrica foi cortada e o gerador de energia desligado. A Farmácia da Prefeitura não foi atingida.

Assim que foi informado do incêndio, o prefeito Cristiano Salmeirão visitou o local e pediu uma força-tarefa das equipes da Secretaria Municipal de Saúde, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil Municipal e Secretaria de Administração. A Assessoria de Imprensa da Prefeitura também esteve no local, visando apurar os fatos e fornecer as informações de utilidade pública.

Nesta segunda, dia 8, a Vigilância Epidemiológica estará impossibilitada de atender, assim como o CCVZ e demais pontos de atendimento ao público, como o Centro Médico Hospitalar. Haverá vistoria do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil em todos os setores do prédio. A meta é retornar o atendimento na terça-feira, dia 9, porém novo comunicado será enviado aos veículos de comunicação e no site oficial da Prefeitura de Birigui (birigui.sp.gov.br)

AJUDA ESSENCIAL – A equipe da Secretaria Municipal de Saúde contou com a colaboração dos moradores das ruas próximas da Praça Gumercindo de Paiva Castro, onde o prédio está localizado.

Vários munícipes ajudaram os bombeiros e os servidores da Prefeitura de Birigui na retirada de remédios e vacinas que ficam no prédio. Além da ajuda na remoção, ofereceram espaços em suas geladeiras para armazenamento dos medicamentos que necessitam de refrigeração.

Avaliação prévia da equipe da Prefeitura aponta que cerca de 15% dos medicamentos da Vigilância Epidemiológicas foram danificados. “Só teremos como saber a real situação na manhã desta segunda, já que o local está escuro. O que retiramos foi possível com as lanternas e acompanhamento dos bombeiros”, disse o secretário municipal de Saúde, Gilmar Trecco Cavaca.

O prefeito Cristiano Salmeirão agradeceu o total apoio da população e disse que irá oferecer total suporte nas investigações do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil. Além do secretário de Saúde, o caso também foi acompanhado pelo secretário de Administração, Genilson Martins.

Os vereadores José Luis Buchala e José Roberto Marino Garcia, o Paquinha, estiveram no local e ajudar na remoção dos remédios e vacinas.

 

Comunicação Prefeitura

Texto e fotos: Tiago Lotto

 

fonte: PMB