Polícia de Pereira Barreto prende homem que enterrava drogas em árvore

Quarta, 06 Dezembro 2017 18:51 Publicado em Andradina

O final de semana da Polícia Militar da Estância Turística de Pereira Barreto foi bem movimentado. Isto porque, numa cena de novela, um indivíduo de 32 anos acabou sendo encontrado enterrando drogas no pé de uma árvore. O caso aconteceu num campo de futebol na última sexta-feira (01). Os policiais levaram o homem para prisão.

Os PMs trabalhavam normalmente, quando perceberam uma movimentação estranha. No momento em que enxergaram o homem, resolveram fazer a abordagem. O suspeito tentou fugir, jogando os entorpecentes para longe.

Apesar da tentativa de fuga, os policiais conseguiram deter o indivíduo, realizando a revista. As autoridades encontraram uma porção de maconha no chão. Ele confessou que o entorpecente era dele e ainda revelou que havia mais no pé da árvore.

Os policiais militares se locomoveram até a árvore do campo de futebol. Lá foram apreendidas porções de cocaína e maconha. O homem foi levado para delegacia, no qual prestou esclarecimentos. Ele agora terá que ficar à disposição da Justiça, enquanto responde ao processo.

Não é novidade este tipo de situação na cidade de Pereira Barreto. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, de janeiro a outubro de 2017, os policias pereirabarretenses já registraram 31 ocorrências de porte de entorpecentes.

Quando o assunto é tráfico de drogas, os números preocupam mais um pouco. De acordo com os índices da SSP-SP, os policias militares registraram 38 ocorrências deste tipo de criminalidade nos dez primeiros meses deste ano.

É considerado tráfico de drogas quando um cidadão é preso em flagrante com uma quantidade de drogas acima do considerado porte. Nestes casos, a ocorrência já se dá por tráfico, ou seja, quando a pessoa possui quantidade suficiente de drogas para si e para venda. Vale salientar que o porte de droga não é considerado crime e o usuário não é preso, ao contrário do tráfico.

 

fonte: Fatos Regionais