Penitenciária Masculina de Tupi Paulista reforma cozinha e refeitório

Domingo, 04 Fevereiro 2018 04:10 Publicado em Oeste Notícias Ler 284 vezes
As obras concluídas visam melhor atendimento a sentenciados e servidores no preparo de alimentação
 
Após 13 anos da inauguração da unidade, criada em 16 de março de 2005, e de diversos reparos de manutenção ao longo desse tempo, que se tornaram ineficazes diante da demanda populacional, a cozinha da Penitenciária de Tupi Paulista foi totalmente reformada. A mudança beneficiará tantos servidores como sentenciados, uma vez que toda a alimentação do estabelecimento é produzida no local. 


Iniciada em julho de 2017, a reforma incluiu os corredores de acesso, os portões de entrada e todo o interior do setor, sendo finalizada no final de 2017, por mão de obra prisional e de funcionários.
 
Na estrutura física, houve construções para dispensa de materiais de limpeza, bancadas, canaletas de escoamento e novo sistema de captação de gordura e esgoto localizada na área de recebimento de materiais, o que demandou trabalhos na área interna e externa do prédio. 

Para tanto, foi preciso realizar algumas demolições, bem como, adquirir pisos e revestimentos, esquadrias e promover instalações elétricas, hidráulicas e de gás. 

Também foram adquiridas novas pias, fogões e panelas industriais, e reformadas coifas, câmara fria, padaria, dispensa interna e refeitório.
 
Segundo o diretor da penitenciária, Agnaldo Aparecido Braga, utilizar a mão de obra carcerária e funcional foi imprescindível para o êxito da missão.  “Aos sentenciados, contribuiu para a reinserção da vida em sociedade numa divisão de conhecimentos laborais de grande valor e oportunidade. 

Mas o mérito também vai para os servidores que, comprometidos, contribuíram com orientações e mão de obra, o que resultou em boa evolução e andamento do planejado”, finalizou o diretor.  
 
Eliane de Oliveira Borges
 
fonte: Croeste
Última modificação em Domingo, 04 Fevereiro 2018 04:10