Papa cria ministério da Economia para coordenar gestão

Papa Francisco também voltou a criticar o aborto e a eutanásia

Papa Francisco também voltou a criticar o aborto e a eutanásia

 

O papa Francisco anunciou nesta segunda-feira a criação de um ministério da Economia para coordenar a “gestão financeira e administrativa do Vaticano e da Santa Sé”, indica um comunicado oficial. Trata-se da primeira medida importante que o pontífice latino toma para reformar a Cúria romana depois de uma série de escândalos e intrigas na gestão das finanças da Santa Sé.

“A nova secretaria terá a autoridades sobre todas as atividades econômicas e administrativas da Santa Sé e da Cidade do Vaticano”, afirma a nota.

O ministério estará a cargo do cardeal australiano George Pell, arcebispo da Austrália, um dos purpurados que faz parte do G-8, o grupo de assessores do papa que estuda a reforma do governo da Igreja e de sua controvertida administração central.

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário