Operação da Polícia Civil de Andradina resulta na prisão de 02 mulheres, apreensão de drogas e localização de cão furtado

OPERAÇÃO REALIZADA PELA POLÍCIA CIVIL RESULTA NA APREENSÃO DE CRACK E MACONHA, NA PRISÃO DE DUAS MULHERES E NA DEVOLUÇÃO DE UM CACHORRO FURTADO A SEU DONO

Na data de hoje, 17/05/17, policiais civis da DIG e DISE de Andradina realizaram operação policial para repressão ao crime e para cumprimento de mandados de busca e apreensão.

Pela manhã a equipe realizou buscas na residência de xxxxx no bairro Vila Mineira, no local os policiais encontraram 04 cigarros de maconha q pesaram 0,78 gramas, “L” foi conduzido até a DISE de Andradina onde a droga foi apreendida e “L” ouvido e liberado após assinar termo circunstanciado.

Dando continuidade à operação a equipe se dirigiu ao segundo local alvo de mandado de busca, residência de “J” no bairro vila Feltrin.

Ao chegar na casa a equipe surpreendeu “J” preparando crack para a comercialização, ela estava em posse de uma porção de crack, que pesou 2,58 gramas, tesoura, sacolas plásticas recortadas para embalar droga, colheres, pratos e um cachimbo artesanal, além de “J”, estavam presentes na residência: “R”, que alegou ser usuário de drogas e possuir passagens por roubo, “C”, que também alegou ser usuária de drogas e “F” que também alegou ser usuária de entorpecentes. “R” e “C” estavam próximos de “J” no momento em equipe chegou e “F” estava deitada em uma cama da casa, visivelmente sob efeito de entorpecentes, com um cigarro de maconha, que pesou 0,18 gramas, a seu lado.

Além do material encontrado com “J” e “F”, a equipe encontrou na residência: 6 porções de crack, que pesaram 0,88 gramas, uma balança de precisão, pratos e embalagens plásticas com resquícios e odor de crack, dentre outros apetrechos comumente usados no preparo de entorpecentes.

As quatro pessoas, os apetrechos e o entorpecente foram encaminhados à Dise onde “R” e “C” foram ouvidos e liberados, “J” foi presa em flagrante por tráfico de drogas e durante a realização de pesquisas de praxe, os policiais descobriram que “F” estava informando um nome falso por ser foragida da justiça e na verdade se chamava “K”, sendo assim, ela também foi presa e responderá pelo crime de falsa identidade, as duas presas foram encaminhadas para Cadeia Pública de Lavínia.

Durante as buscas uma equipe da DDM de Andradina compareceu ao local para dar apoio nas buscas e revistar as mulheres presentes.

Por fim a equipe se dirigiu ao bairro Pereira Jordão para checar uma informação do paradeiro de uma cachorra da raça “rottweiler”, furtada recentemente em Andradina, as investigações indicavam que a cachorra estaria em uma casa do bairro, chegando na casa os policiais conversaram com “W”, morador da casa, que admitiu ter comprado recentemente um cachorra de pessoa desconhecida, mas não sabia que a cachorra seria produto de furto.

O legítimo dono da cachorra foi chamado ao local e imediatamente a reconheceu, sendo assim animal foi devolvido a seu dono e “W” foi detido e encaminhado à DIG para prestar declarações.

Divulgação

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário