INDY PAGENAUD DOMINA PARTE FINAL E VENCE PELA PRIMEIRA VEZ EM PHOENIX

Primeira vitória de Pagenaud em ovais na carreira. (Foto: IndyCar)

Em prova dominada pela Penske e com poucas ultrapassagens, o francês atual campeão ultrapassou Will Power na metade da prova e venceu sua primeira corrida em ovais. Castroneves terminou em quarto e Kanaan em sexto.

Na largada, Castroneves manteve a liderança e ainda na curva 1 houve um acidente. Mikahil Aleshin rodou e levou Marco Andretti, Sebastien Bourdais, Graham Rahal e Max Chilton, obrigando a direção de prova a acionar a bandeira amarela.
A pista ficou muito suja e a direção de prova levou muitas voltas para limpar o traçado. A corrida foi reiniciada na 23ª volta, com Castroneves seguindo à frente, Josef Newgarden em segundo, Will Power em terceiro, JR Hildebrand em quarto e Simon Pagenaud em quinto.
O francês rapidamente deixou Hildebrand para trás, formando assim um top-4 com quatro carros da Penske, Hildebrand seguiu em quinto e Tony Kanaan vinha na sexta posição. Na 69ª volta, James Hinchcliffe inaugurou a primeira rodada de pit stops. Enquanto isso, Pagenaud superava Power e assumia a terceira posição, imediatamente partindo para cima de Newgarden na luta pelo segundo posto.
Após as paradas, Power pulou para a liderança, seguido por Castroneves, Pagenaud e Newgarden, com Kanaan caindo para oitavo. No segundo stint, o brasileiro da Penske não apresentava o mesmo rendimento e via Pagenaud o pressionar pela segunda posição. Pouco depois, Hildebrand deixou Newgarden para trás e se juntou ao francês e a Castroneves.
Na volta 126, Hinchcliffe foi o primeiro a parar pela segunda vez. Cinco voltas depois, Newgarden também fez a parada. Na volta 134, Alexander Rossi encostou no muro, danificando o carro e parando nos boxes. No giro de número 137, Power e Castroneves foram aos boxes, assim como Hildebrand.
Dois giros depois, Takuma Sato acertou o muro na entrada da reta dos boxes, gerando a segunda bandeira amarela da prova. Na volta 149, a relargada foi dada e Pagenaud era o líder, seguido por Power, Castroneves, Hildebrand e Newgarden.
Na volta 200, começou a última rodada de pit stops. Sete voltas depois, Castroneves entrou nos boxes, com Pagenaud entrando no giro seguinte. Após os líderes pararem, Pagenaud seguiu na ponta, com Power em segundo e Newgarden superando Castroneves pelo terceiro lugar.
A 27 voltas do fim, Newgarden se chocou com Ryan Hunter-Reay e teve de ir aos boxes novamente, caindo para a décima posição. No meio da confusão, Castroneves foi superado por Hildebrand. Kanaan era o sexto, a uma volta do líder.
Nas voltas finais, Pagenaud já tinha uma vantagem de mais de seis segundos sobre Power e ampliou ainda mais até cruzar a linha de chegada com pouco mais de nove segundos à frente do australiano, que terminou com pouco mais de 0s2 de margem sobre Hildebrand.
Sem o mesmo ritmo no trecho final da prova, Castroneves foi o quarto, a sete segundos de Hildebrand. Dixon terminou em quinto, pouco mais de um segundo à frente de Kanaan, que completou o top-6 em Phoenix.
Confira abaixo o resultado final da prova:

 

Classificação da prova:

Pos. Piloto Carro Marca Voltas Grid
1 Simon Pagenaud 1 Chevrolet 250 5
2 Will Power 12 Chevrolet 250 2
3 JR Hildebrand 21 Chevrolet 250 3
4 Helio Castroneves 3 Chevrolet 250 1
5 Scott Dixon 9 Honda 249 8
6 Tony Kanaan 10 Honda 249 6
7 Ed Carpenter 20 Chevrolet 248 21
8 Charlie Kimball 83 Honda 248 14
9 Josef Newgarden 2 Chevrolet 248 4
10 Carlos Munoz 14 Chevrolet 247 19
11 Ed Jones 19 Honda 247 16
12 James Hinchcliffe 5 Honda 246 11
13 Ryan Hunter-Reay 28 Honda 220 12
14 Conor Daly 4 Chevrolet 180 20
15 Alexander Rossi 98 Honda 141 15
16 Takuma Sato 26 Honda 135 18
17 Mikhail Aleshin 7 Honda 1 7
18 Marco Andretti 27 Honda 1 9
19 Sebastien Bourdais 18 Honda 1 10
20 Max Chilton 8 Honda 1 13
21 Graham Rahal 15 Honda 1 17

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário