Empresário e piloto são enterrados em Araçatuba e Cenipa inicia trabalhos de investigação

Fotos: O Liberal/Bombeiros (MT)

Sob forte comoção, centenas de pessoas acompanharam os velórios e enterro, com caixões lacrados, do empresário Luís Fernando de Arruda Ramos, da Lomy Engenharia, e do seu piloto, Fábio Jansem Pinho, que morreram no domingo após pouso forçado do avião em que estavam, em uma fazenda em Coxim (MT). Ainda na tarde desta segunda-feira, técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos) iniciaram as investigações para tentar apurar as causas do acidente.

As equipes do Cenipa chegaram ao local do acidente nesta segunda-feira e começaram a reunir fragmentos e analisar as situações. Destroços da aeronave, um bimotor Sêneca, ficaram espalhados em um raio superior a 500 metros. O local é de pastagens, mas também há diversas árvores, que acabaram piorando a situação do que poderia ser apenas um pouso forçado. O avião chegou a tocar no chão e acabou pegando fogo após bater em algumas árvores, de acordo com testemunhas.

Como os destroços se espalharam por uma grande área, os bombeiros acabaram participando dos trabalhos com cães farejadores.

DESPEDIDA

As duas vítimas foram enterradas ontem à tarde em Araçatuba. A despedida reuniu centenas de amigos, familiares e colegas de trabalho do empresário e do piloto, além de muitos integrantes de grupos políticos da cidade e região.

Luís Fernando foi velado na Loja Maçônica 21 de abril e o piloto Fábio Pinho, na capela Cardassi, da avenida da Saudade. Eles foram enterrados no cemitério Jardim da Luz. A Polícia Militar fez uma homenagem fazendo um sobrevoo com o helicóptero da equipe Águia, e três aviões de pequeno porte fizeram voos rasantes sobre o cemitério na hora do sepultamento, um ato comum entre os pilotos para prestar homenagem a quem é do meio da aviação. As duas vítimas eram casadas e deixam filhos.

POLÍTICA

Luís Fernando da Lomy, como ficou conhecido, se despontou no cenário político nas eleições de 2016 disputando a prefeitura de Araçatuba, e apesar de ser sua primeira experiência frente as eleições municipais, obteve quase 40% dos votos válidos. Nos bastidores, ele se preparava para concorrer a deputado em 2018 e era tido, hoje, como o principal nome para a disputa à prefeitura em 2020.

Ficou conhecido por seu jeito simpático e também pela participação em um programa local de TV, onde aparecia participando de reformas de imóveis de pessoas carentes. Também ficou conhecido pelo jargão de seu programa eleitoral onde dizia, “êêêêêêê Dilador!!!!”, em referência ao candidato que o derrotou nas eleições e é o atual prefeito da cidade.

fonte: Regional Press

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário