Convênio vai realizar 150 cirurgias por mês em Campo Grande

Convênio foi assinado na noite de hoje (foto: João Garrigó)

A fila para a realização de cirurgias e atendimentos nas áreas de ortopedia, dermatologia e oftalmologia deve começar a diminuir em Campo Grande. Um convênio assinado hoje (21) entre a Prefeitura e o Hospital Adventista do Pênfigo vai realizar pelo menos 150 cirurgias ao mês, com investimento de R$ 3,8 milhões anuais.

A parceria tem como principal objetivo diminuir a fila de espera por cirurgias em Campo Grande. São 1.348 pacientes na fila, com espera de até seis anos.

Segundo o prefeito Alcides Bernal (PP), o convênio é fruto também de uma parceria com o Governo Federal. “Já tinha falado com o Padilha (Alexandre, Ministro da Saúde), expliquei o drama da saúde em Campo Grande, qual era minha intenção para conseguirmos a solução e acabei atendido”, comentou o prefeito.

As cirurgias e procedimentos serão realizados com verbas federais, via SUS (Sistema Único de Saúde). Com o convênio, o hospital vai realizar consultas, exames, internações para cirurgia, atendimento ambulatorial especializado, sala cirúrgica e raio-x.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, o objetivo é fazer no mínimo 500 atendimentos já neste ano. “O critério para o atendimento será o de tempo de espera, quem tiver mais tempo na fila será atendido primeiro”, afirmou.

Ainda segundo Ivandro, é “inadmissível” um paciente esperar mais de seis anos para realizar um atendimento.

Projeto – A parceria também vai implantar o projeto “Reabilitar”, atendendo pessoas que necessitam de tratamento especializado. Também serão disponibilizadas próteses, muletas e cadeiras de rodas.

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário