Comunicado da Diretoria Executiva do SIFUSPESP para os servidores do Sistema Penitenciário

Sifuspesp campanha 2015

Em reunião da diretoria executiva do SIFUSPESP, realizada no dia 22 de julho de 2015, ficou deliberado a continuidade do trâmite de negociação salarial com o Governo do Estado, conforme decisão das assembleias realizadas nos dias 10 e 11 de junho, nas cidades de Araraquara, Avaré, Bauru, Campinas, Franco da Rocha, Guarulhos, Itapetininga, Junqueirópolis, Mirandópolis, Praia Grande, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Ribeirão Preto, São Paulo, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté.

A superlotação dos presídios, as agressões e execuções de trabalhadores, a escassez de funcionários nas unidades prisionais, entre outros fatores, são motivos mais do que justificáveis para todo o descontentamento e indignação dos funcionários do sistema prisional paulista, e são pontos fundamentais da nossa pauta de reivindicações de condições de trabalho.

Para o SIFUSPESP, qualquer forma de mobilização dos trabalhadores é legítima, mas passa pela organização, conscientização e deve estar pautada dentro dos parâmetros legais.

Conforme matéria veiculada no dia 16 de julho, pelo site oficial do SIFUSPESP (http://sifuspesp.org.br/index.php/materia-3/3279-apos-cobranca-do-sifuspesp-governador-sinaliza-proposta-de-reposicao-salarial.html), o governo estadual afirmou que no mês de agosto do corrente ano apresentará uma proposta de reposição salarial.

A pauta de condições de trabalho e saúde do trabalhador terá, nos próximos dias, uma nova rodada de negociação com enfoque principalmente na proteção da vida do trabalhador (acautelamento de armas, coletes a prova de bala e scanner corporal, etc.).

Ademais, estamos agendando para os próximos dias audiência com o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, com objetivo de tomar conhecimento do atual estágio de investigações dos casos de assassinatos ocorridos, bem como iniciar o diálogo para construção de mecanismos de proteção a integridade física de nossa categoria.

Entendemos que o melhor caminho para dar transparência, buscar soluções e, sobretudo, responsabilizar todos os atores envolvidos nas questões do sistema prisional é a criação, urgente, de um grupo de trabalho estratégico constituído por representantes da Secretaria de Segurança Pública, da Secretaria da Administração Penitenciária, Comissão de Segurança Pública da ALESP e o SIFUSPESP. Para tanto, estaremos reunidos com o deputado Delegado Olim, presidente da comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários da ALESP, no dia 29 de julho.

Qualquer atitude individual ou coletiva tomada por filiados de nosso sindicato, dentro deste momento conturbado de negociações, contará com respaldo político e jurídico de nossa entidade.

O SIFUSPESP tem utilizado diversos instrumentos de luta para a condução de nossas pautas, preocupado sempre com a melhor conduta tática e observando a legalidade para que se obtenham conquistas concretas e que nossa categoria não seja prejudicada. A luta se faz com responsabilidade.

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário