Agente de segurança penitenciária é agredido por preso entre as grades da cela em Irapuru

Servidor levou um soco no peito ao avisar o sentenciado de que sua visitante não entraria na unidade. Mulher foi flagrada com maconha durante revista pessoal.

Um agente de segurança penitenciária (ASP) da unidade prisional de Irapuru foi agredido por um preso neste domingo (16). O sentenciado, que desferiu um soco no funcionário, foi transferido para a Penitenciária “Zwinglio Ferreira”, a P1, em Presidente Venceslau.

A Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP) informou ao G1, por meio de nota, que um dos agentes, que estava responsável pela guarda do pavilhão, foi avisar o detento em questão de que a sua mulher havia sido flagrada com maconha escondida durante a revista pessoal e que, por isso, a visitante não poderia entrar na unidade.

Neste momento, conforme explicou a SAP ao G1, o preso desferiu um soco entre as grades da cela, que atingiu o peito do servidor. Estimulados pela agressão, alguns outros detentos começaram a desacatar o ASP.
Após a ação, o agente saiu do local e informou a direção da unidade.

De acordo com a SAP, foi aberto Procedimento Apuratório Disciplinar para a averiguação dos fatos e também houve a comunicação do caso à polícia local.

Segundo a SAP, o preso que cometeu a agressão foi transferido para a Penitenciária “Zwinglio Ferreira”, a P1, em Presidente Venceslau. Já os sentenciados do pavilhão onde se deu a ocorrência permanecerão recolhidos em suas respectivas celas pelo prazo de 15 dias para averiguação.

“A Secretaria da Administração Penitenciária solicitará, ao Juízo de Direito das Execuções Criminais, a internação dos presos no regime disciplinar diferenciado, com proposta de permanência por um período de 360 dias.

Nesse regime, o preso terá apenas duas horas de banho de sol por dia, não terá direito a televisão e perderá a visita íntima, a qual poderá ocorrer em parlatório, pelo período de duas horas por semana”, informou a SAP ao G1.

De acordo com os dados da SAP, a Penitenciária de Irapuru possui atualmente uma população carcerária de 1.968 presos, enquanto a capacidade é para 844 homens. Inaugurada em abril de 2005, a unidade funciona no regime fechado.

Fonte: G1

Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário